+351      21 303 21 19
PT UK

Terapias Dialíticas

Os Rins desempenham um papel fundamental na depuração de toxinas como a ureia e a creatinina. Quando há perda de função renal, estes metabolitos acumulam-se levando a náusea, perda de apetite, vomito e muitas vezes ulceração gastrointestinal.
 
O Hospital Veterinário do Restelo dispõe das mais avançadas técnicas de apoio ao doente com insuficiência renal, com uma equipa especializada médica e de enfermagem, sendo uma referência na área.
 
Hemodiálise
 
É uma técnica que permite uma rápida eliminação de toxinas, sendo necessários alguns tratamentos até à estabilização do doente.
 
Doenças como Leishmaniose, febre da carraça, pielonefrite, leptospirose ou algumas intoxicações (como anti-inflamatórios não esteróides) podem levar a insuficiência renal aguda.
 
Trata-se de um método que requer a colocação de um acesso venoso central e tratamentos diários, numa fase inicial, passando a 2-3 vezes por semana assim que se atinja o controlo pretendido.
 
Através da circulação extracorporal, o sangue do animal circula num sistema fechado passando por um filtro que permite a troca de substâncias deletérias ao organismo, bem como remoção de excesso de fluidos, potássio e alguns tóxicos. Quando a terapia convencional falha devemos considerar a hemodiálise.
 
Diálise Peritoneal
 
Nesta técnica é utilizado o peritoneu (membrana altamente vascularizada que envolve os órgãos da cavidade peritoneal) para efetuar as trocas. É necessária a colocação de um dreno sob sedação profunda que permite tanto a infusão do líquido de dialise previamente selecionado como a sua fácil drenagem.
 
Deste modo conseguimos a eliminação dos metabolitos tóxicos como ureia e a creatinina, que se acumulam no sangue numa insuficiência renal.
 
É muito usada no hospital em gatos com insuficiência renal aguda ou agudizados de insuficiência renal. As indicações mais comuns incluem infeções do trato urinário (ex. pielonefrite), intoxicações e obstrução ureteral, esta última com vista à estabilização do doente para posterior cirurgia.